Derrota dentro de campo e homofobia fora pela torcida do Cruzeirense confira

Derrota dentro de campo e homofobia fora pela torcida do Cruzeirense confira

Anúncios
Anúncios

Lembramos que além do futebol das quatro linhas a torcida do Cruzeiro cantou o tempo todo um canto homofóbico, onde o Cruzeiro chegou a largar uma nota no mesmo tempo dos cânticos da torcida.

Twitter Cruzeiro

Não é a primeira vez que a torcida do Cruzeiro canta esses cânticos ao time do Grêmio, a CBF não tem punições severas, enquanto isso vamos continuar com a impunidade.

Anúncios
Anúncios

Aguardamos que a comissão de arbitragem coloquem na súmula sobre o que viu e ouviu da torcida Cruzeirense.

Veja o vídeo dos cânticos homofóbicos lamentável.

No jogo o Grêmio não foi bem e no primeiro tempo com quase 70% posse de bola do Cruzeiro, Tricolor perdido em campo, Diogo Barbosa não produziu, e o ponteiro do Cruzeiro achava sempre uma avenida pelo lado esquerdo do Grêmio.

O técnico Roger colocou Biel no meio onde não produziu muito, bem marcado, no segundo tempo o técnico Roger corrigiu colocando Gabriel Silva no lugar de Lucas Silva e o menino Biel voltou para sua posição de origem onde teve boas arracandas e conseguiu algumas faltas com dribles desconcertado os zagueiros do Cruzeiro.

Anúncios
Anúncios

Elias tomou uma cotovelada logo no início do primeiro tempo, jogador do Cruzeiro sequer tomou cartão.

Rodrigo lateral-direito fez o gol contra para o Cruzeiro que saiu na frente, após o gol o jogador não conseguiu mais acertar os passes.

Segundo tempo com algumas trocas do técnico do Roger Machado entrando Campaz, Gabriel Silva, Elkeson e Janderson teve mais velocidade mas não o suficiente para chegar ao empate.

Gremista

© Gremista. Todos os direitos reservados.