Grêmio vê dificulta e segura nas contratações, vai ficar de olho nas oportunidades

Grêmio vê dificulta e segura nas contratações, vai ficar de olho nas oportunidades

Anúncios
Anúncios

O Grêmio tem três jogadores prontos para se juntar ao elenco quando a janela de transferências reabrir em 18 julho. Os maiores reforços foram Lucas Leiva, mas também chegaram o atacante Guilherme ​​e o meia Thaciano. Agora, o clube gaúcho “segura” as novidades e vai medir a contratação frente às oportunidades oferecidas pelo mercado. Questionado sobre o tema, Roger Machado evitou polêmicas.

Apesar de querer receber novos jogadores, o treinador diz que entende o momento do clube e vai dar conta do que lhe for dado. Sempre à procura de qualquer oportunidade que possa surgir.

“O presidente [Romildo] disse que não vai me dar reforços, né?”, sorriu o treinador. “Manda quem pode, obedece quem precisa. Se ele diz que não podemos neste momento, o chefe é quem decide. Se eu puder convencer ele, quero mais 10 [reforços]. Mas quando chegamos, sabíamos da condição do clube. Se eu souber de algo, vamos fazer uma comitiva com departamento de futebol para convencer ele”

Roger Machado
Anúncios
Anúncios

O motivo da queda ou desistência na demanda por novos jogadores é financeiro. O orçamento do Grêmio é o menor dos últimos anos devido à sua participação na Série B, o Tricolor não quer ir além do que pode gastar.

“Temos que ter algo bom para convencer o Romildo [Bolzan Jr. presidente]. A responsabilidade financeira do clube é dele. Eu quero [reforços], muito. Mas a certeza de subir não é 200%. Queremos o acesso e vamos brigar até a última rodada, e o presidente não quer deixar o clube diferente do que encontrou. O gestor que gasta e não pensa no amanhã vai acabar. Se não acabar, os clubes terão problemas”.

Roger Machado

Ainda há espaço?

Enquanto isso, Denis Abrahão, vice-presidente de futebol, disse que algumas oportunidades de mercado podem mudar a decisão de interromper o processo de contratação caso apareça alguém do perfil que o técnico quer.

“No momento, é o que temos. Foram feitas três contratações e observamos o mercado. O Grêmio, como clube grande, olha o mercado. Mas, no momento, é esta questão colocada”.

Denis Abrahão

Ainda finalizou dizendo

“Não é só gastar, é saber gastar. Não é sair gastando tipo louco. O presidente não diz que não, mas fala em trazer qualidade, agregar valor. Neste momento, entendemos que estamos muito bem preparados para o segundo turno da Série B”

Denis Abrahão
Gremista

© Gremista. Todos os direitos reservados.