Tag: Kannemann

Empresário de Kannemann diz ter sido procurado por candidatos a presidência do Grêmio, para tratar da renovação

Enquanto trata os resquícios de lesão muscular secundária, Kannemann ainda espera para definir seu futuro no Grêmio. O contrato do zagueiro termina no final da temporada e não se sabe se ele jogará pelo clube. O empresário do atleta confirmou o contato do candidato à presidência para atualizar o relacionamento.
Segundo Martin Weinbuch, não houve negociações devido a negociações com a atual gestão.

Na visão do representante, a atual administração ainda não procurou Kannemann para a renovação.
Nos bastidores, o departamento de futebol disse que o assunto só será explorado quando a camisa número 4 estiver de volta ao elenco principal jogando. A versão em que a futura gestão definirá o assunto vai ser revisada nas últimas semanas da gestão.

Martin Weinbuch afirma ter sido procurado por possíveis candidatos Alberto Guerra e Odorico Roman entraram em contato com o empresário de Kannemann:

— Eu falei: “quando vocês forem presidentes falam. Agora não tem que falar comigo” — relatou Weinbuch.

— Não vamos nos meter na política do clube — complementou. Porém, a sinalização foi positiva para ambas candidaturas. Há vontade do ídolo seguir na Arena:

— Perguntaram se ele quer permanecer. Falei que sim, mas depende da oferta. Eles não podem fazer proposta

— ponderou o procurador.

— Eles manifestaram que querem o Walter. Ele (Kannemann) também quer. Disse o empresário de Kannemann.


Os pré-candidatos, uma vez que só será inscrito em outubro, não negaram a informação, optando por encarar a questão apenas como um “sinal público”.

O terceiro nome que assumiu o cargo, o conselheiro Alceu Brasinha, que não foi citado pelo agente, ressaltou que não fez contatos, mas quer continuar com o profissional caso seja eleito.

Em campo, o zagueiro tentou se recuperar de uma lesão na coxa esquerda. Durante exames de imagem na sexta-feira (19), o departamento médico encontrou resquícios da área lesionada. Portanto, o tempo de tratamento foi aumentado em 10 dias. A nova previsão de volta é para setembro.

Kannemann

Zagueiro desfalca Grêmio por mais 10 dias após resquícios de lesão

Nesta semana, Kannemann está de volta ao gramado do CT Luiz Carvalho sob supervisão de um fisioterapeuta. O zagueiro não esteve em campo na tarde desta sexta-feira. Após passar por novos exames, o argentino foi diagnosticado com uma contusão na panturrilha esquerda. O jogador ficará afastado por pelo menos 10 dias

O clube informou que exames de imagem dos jogadores mostraram “resquícios” de lesão muscular.

No dia 27 de junho, Kannemann sofreu um acidente doméstico e quando se levantou para ver os filhos, acabou sofrendo uma lesão de grau 2, “quase grau 3”, segundo o departamento médico, com a mesma panturrilha já ferida.O jogador continuará a fisioterapia pelos próximos dez dias conforme os resultados do exame. Após esse período, fará outro check-up para ver se a lesão está totalmente curada. Se assim for, ele passará por um período de transição física e se recuperará com a equipe.

Na manhã deste sábado, o grupo participará de um último treino antes do jogo de domingo. O treino será realizado de portão fechado. Geromel é o principal desfalque. Natã entra na defesa com Bruno Alves. Ferreira e Edilson estão novamente disponíveis.

O Grêmio recebe o Cruzeiro a partir das 16h de domingo. A bola rola na Arena em Porto Alegre, na 25ª rodada da Série B. O tricolor é o terceiro com 43 pontos, enquanto o líder está em terceiro com 53 pontos.

Kannemann

Cena inusitada: Torcedor do Grêmio ganha carona de Kannemann após se vestir de Homem Aranha

O pequeno Matheus de Souza também foi presenteado pelo zagueiro com uma camisa do zagueiro.

Tudo deu errado. Estava chovendo. A bateria do telefone está morrendo. O relógio mostrava que eles estavam atrasados. Ainda assim, Brunno de Souza e seu filho Matheus saíram de sua casa em Canoas com um guarda-chuva. Eles levaram a Trensub ao CT Luiz Carvalho para tentar a sorte. Apesar das dificuldades, ela sorriu para os dois na tarde desta quinta-feira (14).

O alvo é Walter Kahneman. Para chamar a atenção do zagueiro do Grêmio, eles produziram um cartaz pedindo ao presidente Romildo Borzan Junho a renovação do contrato do zagueiro argentino, que vence no final do ano. Como medida para aumentar suas chances de sucesso, Bruno se vestiu de Homem-Aranha, uma fantasia que usava em seu momento crucial de vender bombons nas ruas. O “super-herói” foi oferecido como moeda de troca permanente para a Libertadores de 2017.

Quando chegamos ao centro de treinamento, a maioria dos jogadores já havia saido. A salvação e o último jogador foi o Edilson. A cena despertou o interesse de ambas as partes. Ele pegou o telefone, tirou uma foto do pai e do filho e disse que mostraria a foto para o zagueiro Kannemann. Enquanto esperavam, os dois ficaram esperando do lado de fora, se protegendo da chuva forte que caía naquele momento.

— O segurança avisou que o Kannemann estava vindo. Ele passou reto, mas não muito rápido. Achei que não ia parar, mas parou e desceu. Aí já esbarrei no choro.

Matheus de 10 anos

O argentino entregou uma camisa comemorativa aos jovem Gremista. Ele até se desculpou por não ter dado uma de jogo ao menino, já que ele não jogou os últimos jogos. Com a bateria do celular de Bruno descarregada, as fotos foram tiradas com o aparelho do jogador. Depois de mais uma boa vontade do zagueiro, era hora de se despedir enquanto o mundo desmoronava de chuva ao norte de Porto Alegre. Além de evitar se molhar, pai e filho também contrataram um motorista de luxo, o zagueiro Kannemann acabou dando carona. No caminho, falaram muito sobre o Grêmio, as lesões de Kannemann e o futuro.

— Quando entrei no carro foi um sonho. O Kannemann foi na maior humildade — revela Matheus. — Foi gente fina para caramba. Mandou muito bem de Uber, mas ainda é melhor como zagueiro.

Pai do Matheus

Kannemann

Após acidente doméstico de Kannemann, o Grêmio admite que tem atraso na sua recuperação

O Grêmio comunicou que o zagueiro fez “esforço” por conta de preocupação com os filhos após forro de casa ruir.

O Grêmio confirmou na tarde desta segunda-feira que a lesão do zagueiro Walter Kannemann atrasou sua recuperação. Um acidente familiar impediu a recuperação de um problema muscular, revelou o Tricolor Gaúcho.

De acordo com o comunicado do clube, o teto do apartamento de Kannemann desabou na noite de 27 de junho. Junto com o barulho, os guardas se preocuparam com a saída rápida das crianças, e o movimento de esforço repetido atingiu a panturrilha esquerda, no local que já estava lesionada, segundo o relatório do tricolor.


kannemann foi diagnosticado com uma lesão muscular pelo Grêmio em 19 de junho, uma semana antes do jogo. Após o acidente, ele foi submetido a novo exame de imagem, que mostrou retrocesso na recuperação, e retornou à fase anterior de tratamento.

O argentino está afastado desde então, disputando apenas cinco jogos em 2022. A Série B tem 4 partidas e participa após vitória sobre o Glória na Recopa Gaúcha.

Ao mesmo tempo, o argentino também se tornou um alvo nos bastidores para sua extensão de contrato. O contrato é só até dezembro, e o jogador já pode assinar contrato com outro time. Um clube do Catar que parece se interessar, mas até o momento não teve movimentações. O Grêmio ainda não iniciou as negociações para a prorrogar o contrato, pesando o alto custo mensal e discutir o assunto mais adiante deivdo a questão fionanceira, mas nos bastidores se acredita em uma renovação tranquila.

Grêmio hoje, Kannemann

Clube do Catar procurou Kannemann já que seu contrato não foi renovado com o Grêmio

Walter Kannemann foi procurado por clube do Oriente Médio que deseja ter o zagueiro, já que seu vinculo com o Grêmio acaba em dezembro e ele pode assinar pré-contrato. A comissão técnica do argentino de 31 anos está livre para assinar um pré-contrato com qualquer clube desde 1º de julho, e o argentino de 31 anos foi abordado por clubes do Catar que ofereceram um projeto para aceitar o jogador. O objetivo é ter o zagueiro logo de cara, mas essa situação vai depender da liberação do Grêmio.


Kannemann está se recuperando da lesão muscular sofrida em 18 de junho e deve se recuperar nas próximas semanas. Se o clube do Catar estiver disposto a contratá-lo imediatamente e não chegar a um acordo com o Grêmio, ele terá que pagar multa rescisória. De acordo com a diretoria do Grêmio, a multa estrangeira é de cerca de US$ 10 milhões (cerca de R$ 53 milhões a preços atuais). O valor prometido é muito superior ao que o zagueiro está recebendo hoje no Brasil.

— Essa pauta ainda não está na hora. Estamos em um momento diferente do clube. Considero uma coisa tranquila, mas temos de aguardar o momento oportuno. Se tem alguém que tem uma forma absolutamente correta de tratar essas questões é o Kannemann com o clube, assim como o clube com o Kannemann.

Romildo Bolzan

Recuperando-se dos problemas físicos no quadril que o atormentaram nas últimas duas temporadas, o jogador jogou apenas quatro jogos nesta temporada. Em uma delas, ergueu o troféu da Recopa Gaúcha ao voltar a campo após 170 dias de cirurgia para se recuperar de lesão. O argentino fez 229 jogos pelo clube até agora.

Kannemann esteve intimamente ligado aos interesses de clubes estrangeiros durante esse tempo no Grêmio. Desde que foi comprado do Atlas-MEX em 2016, o argentino formou uma das maiores duplas defensivas do futebol sul-americano ao lado do Geromel.

Se a direção não abrir o olho o zagueiro pode sair de graça para outro clube.

Contratações, Kannemann

Com time de “CASCUDOS”, Grêmio sofre e empata com Vasco e a pressão continua

Apesar do empate e do clima tenso, pressão no técnico Roger Machado o Grêmio não ganhou mas jogou bem com time “cascudo”, em campo e acalma os ânimos da torcida Gremista.

O primeiro tempo do Grêmio foi sem muitas chances por ambas as partes, mas o Grêmio chegou com mais força por duas vezes, uma delas o Thiago Santos teve boa chance na frente do Gol, mas chutou para fora.

O Grêmio criava algumas chances com Benítez, mas sem muito eficácia, Nicolas sempre fazendo bons cruzamentos na parceira com Biel. Um primeiro tempo com muitas faltas, bastante truncado, o Tricolor tentando sair com algumas jogadas de atencipação de Thiago Santos, clima quente sempre com o Edilson, primeiro Nenê depois Figueredo que peitou o lateral, acabando o primeiro tempo com 3 amarelados do time do Vasco, a todo momento tinha a chamada “treta” entre os jogadores.

Segundo tempo o Grêmio voltou Janderson no lugar de Benítez, dando aplitude no lado direito para ajudar o lateral Edilson que foi pouco acionado no primeiro tempo, sendo a única substituição na primeira etapa.

Na primeira arrancada pela esquerda, Biel deixou o lateral na saudade dando um corte e chutou, para boa defesa do goleiro do Vasco.

Aos 18 minutos Roger Machado faz uma série de substituições saindo Nicolas e Bitello, entrando Diogo Barbosa e Lucas Silva, mas o que mais chama atenção é do jogador Bitello que todo jogo mostra bastante cansaço físico, sendo que fazia 8 dias que grêmio não jogava.

Elkeson entrou no lugar do atacante Diego Souza que não fez uma boa partida, mas Elkeson também não teve oportunidades e apareceu poucas vezes para receber a bola.

O Vasco pressionava, mas a linha defensiva do Grêmio funcionou muito bem, quando passava pela zaga o goleiro Brenno defendia que fez ótimas defesas, no final do jogo o time do Vasco pressionou de forma intensa e meteu uma bola na trave.

A ideia de ter um time cascudo, de controlar o jogo, deu certo, com Edilson e Thiago Santos, o lateral-direito mostrou que o Grêmio merece respeito, se impondo em campo, colocando respeito, outro cara importante que também está voltando é Kannemann, chegando com força nas nas divididas e sempre muito preciso das roubadas de bola, assim fechando a defesa com Geromel, a dupla não jogava juntos a 6 meses.

O próximo compromisso do Grêmio é na Arena na próxima terça-feira(7), diante do Novorizontino às 21h30.

Benitez, Geromel, Jogo, Kannemann

  • 1
  • 2
Gremista

© Gremista. Todos os direitos reservados.