Tem mudanças? Será que o Grêmio sobe? Tropeços que parece que estamos em 2021

Tem mudanças? Será que o Grêmio sobe? Tropeços que parece que estamos em 2021

Anúncios
Anúncios

Sim, convenhamos é cedo cogitar que o Grêmio não sobe para a primeira divisão do campeonato Brasileiro em 2023.

Mudanças no futebol não vai ter tem cedo, apesar das vaias da torcida nos últimos jogos para o time e a direção, Romildo Bolzan e o vice Dênis Abrahão, foram muito vaiados no jogo de ontem(19) contra o Circiúma, mas nada disso intimida a direção, muito menos vergonha para mudanças.

Anúncios
Anúncios

Para subir o Grêmio necessita pelo menos 63 pontos, não é uma pontuação tão baixa, diante do que o time do Grêmio vem apresentando em 2022, parece que o ano de 2021 não acabou, acontece as mesmas coisas que aconteciam no ano anterior, tudo passa pela direção e o CAPA que analisa as contratações.

Seguiram com a mesma mentalidade e retrocessos que parece não ter fim tão logo, o técnico Roger tenta de algumas formas buscar alternativas na base, mas que de imediato não vai ter. O que mais impressiona é saber que o time do Grêmio não aprendeu a jogar a série B, está recebendo todos os avisos que já estamos na oitava rodada e os erros continuam, fora de campo os discursos são os mesmos de sempre tão ruim quanto o time. O vice do Grêmio com as mesmas falas de sempre, enxerga o que ninguém consegue ver.

Grêmio

“Nós estamos passando por um momento muito ruim. Quando estamos mal, achamos um gol, como em Itu, e tomamos um gol aos 49 minutos. Hoje criamos quatro oportunidades no primeiro tempo e não matamos o jogo. No segundo tempo, outras chances e não aproveitamos. Como se corrige? Trabalhando. Vamos colher os frutos ali na frente”, disse o vice Denis Abrahão.

Absurdos que só o vice vê, e o presidente Romildo simplesmente não aparece nas entrevistas.

Anúncios
Anúncios

O time do Grêmio volta a jogar apenas no dia 29, quando visitará o Vila Nova, em Goiânia.

Gremista

© Gremista. Todos os direitos reservados.