Saiba por onde anda o herói da Copa de 2016 – Miller Bolanõs

Saiba por onde anda o herói da Copa de 2016 – Miller Bolanõs

Anúncios
Anúncios

No dia 7 de fevereiro de 2016, o Grêmio finalizou a contratação do craque equatoriano, o meia-atacante Miller Bolanõs, que na época tinha 25 anos. A atuação do Tricolor Gaúcho e do Emelec, do Equador, derrotou a concorrência chinesa e estabeleceu o investimento mais caro do grupo gaúcho na compra de um atleta, até então o equivalente a R$ 20 milhões. O preço foi superado apenas em 2021, quando Jaminton Campaz, meio-campista de 21 anos, chega ao time que vem com o Tolima, da Colômbia, por 4 milhões de dólares (US$ 21 milhões em preço durante o jogo. trabalho).

Frustração no início da temporada

Bolanõs chegou a Porto Alegre em forma de craque e foi além de todoas as esperanças dos torcedores do Grêmio na página. O jogador era a cereja do bolo, a peça que faltava para levar o time ao próximo nível e acabar com a seca de grandes títulos. Em sua estreia contra a LDU, o atacante teve grande atuação e marcou um dos gols na vitória por 4 a 0 sobre o Imortal, pela Libertadores da América.

Grande contribuição para o Grêmio

Anúncios
Anúncios

No jogo seguinte, o jogador equatoriano sofreu uma grave lesão no rosto, durante uma boa partida contra o Internacional. Depois de jogar o primeiro tempo com o rosto quebrado, o meio-campista não retornou para o segundo tempo.

Quando voltou ao futebol, teve dificuldades de adaptação e não conseguiu se apresentar como esperado. No entanto, ele venceu a Copa do Brasil de 2016, inclusive marcando o gol do Grêmio no jogo de volta, na Arena, a partida terminou em 1 a 1, tendo vencido o jogo de ida por 3 a 1, o Grêmio ficou com o título. Campeonato Nacional.

Fora, sem retorno, 2017

Na temporada seguinte, o Bolaños participou da primeira fase da campanha que culminou no tricampeonato da Libertadores da América. Mas por alguns motivos, e por não conseguir se estabelecer como titular da equipe, ele se mudou para Tijuana, no México, por empréstimo de um ano.

Em maio de 2018, o Grêmio anunciou a venda do atleta para a seleção mexicana, valor não confirmado. No entanto, as informações apontam para um preço próximo a 3,2 milhões de reais, ou seja, aproximadamente R$ 11,7 milhões, menos que o valor investido pelo Immortal na compra do jogador.

Anúncios
Anúncios

Com a camisa do Tricolor, Miller Bolaños esteve em campo 26 vezes e marcou cinco gols. Em entrevista, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, lamentou a saída prematura do meio-campista.

Valdemar medeiros

Graduado publicidade/marketing, redator há 5 anos, ajudando empresas que querem crescer na Internet. Boa leitura, e até breve!
Gremista

© Gremista. Todos os direitos reservados.